quarta-feira, 2 de junho de 2010

Começou!!!! Êeeeeee!


Viva! Começou! Soltem fogos! Estou tão feliz!
O que? A minha construção, oras! Ontem quase eu postei que havia começado (estava mesmo marcado para ontem) mas fiquei com medo de postar e alguma coisa sair errado. Pois é, o mestre de obras não compreendeu umas medidas que eu coloquei no papel e não começou a furar. Mas já fez umas marcações. Foi lá em casa ontem a noite e esclareceu as dúvidas. E confirmou que hoje começa a operação tatú! Eba!
Amanhã vou lá tirar muitas fotos dos buracos e posto depois.
Agora, a próxima novela é a dos materiais. Vou contar porque:
Eu trabalho em uma transportadora e construtora. Já fazem alguns anos. Meu patrão sentiu drasticamente a crise e está num aperto danado, quase fechando as portas. A coisa tá feia. Como sabe que eu queria construir, e eu sei que dinheiro para ele é artigo em falta, fizemos um acordo. Como ele tem alguns créditos em outras construtoras, fiz minha lista de material (ferragem, cimento, blocos, tijolos, areia, brita, pedra, etc) e fiz orçamentos. O menor orçamento eu apresentei para ele. Fiz para que desse mais ou menos o valor de meu acerto hoje. Então, ele vai utilizar o crédito que tem e me enviar os materiais, e descontar de mim quando for acertar. Bom para ele, porque não vai colocar a mão no bolso, bom para mim, que estou "comprando" o material como se fosse a vista, de um dinheiro que ainda não tenho. Ainda não tem previsão de eu perder meu emprego, mas tanto ele como eu sabemos que, quando acontecer, vai ficar muito difícil acertar comigo. Não agora, claro!
Em outras palavras: ele fez um grandissíssimo favor para mim!
Porém, agora ele tem que enviar o material para minha obra e está na dependência da outra construtora. E eu aqui pressionando, porque, apesar de ser uma ótima pessoa, ter um coração incrivelmente bom, ser uma pessoa extremamente humana, é esquecido e enrolado que dói!
Estou aqui com meu receios de que estas entregas acabem por atrasar minha obra, pois já necessitamos dos materiais na próxima semana. Claro que eu já disse isso para meu patrão.
E eu ainda tenho o marido me pressionando muito, com medo de dar alguma coisa errada.
Socorro! Pressão! Ufa...
Vai dar tudo certo, se Deus quiser.
Bem, esquecendo estes receios, EU ESTOU MUITO FELIZ! COMEÇOU!
Bom feriado.

0 comentários: