segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Selinho!

Tem um selinho lindo que ganhei da minha praticamente conterrânea (ela mora em BH e eu moro logo ali, em Contagem) Sttael Hadad, do Lar Doce Lar.

O Selo Prêmio Sunshine Award é um premio que nos incentiva e ajuda na divulgação dos blogs, quem recebe se sente homenageado. (Eu me senti!)

Ele tem regrinhas. Duas eu já cumpri que é colocar em um post e linkar o blog que me indicou (Brigada, Sttael!!!).
A outra regra é indicar para mais outras 12 blogueiras:
12. Lar Doce Lar, para retribuir o imenso carinho! Brigada!

Bem, para retribuir de verdade, vai o meu selinho para você, Sttael:


OBSERVAÇÕES: Achei que eu não ia conseguir cumprir as regrinhas e ter que me desculpar novamente, pela falta de tempo, mas eu burlei a mim mesma nesta! Rsrs. CONSEGUI!!! ÊÊÊÊÊ!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Descanso de panela. Quem sabe na parede...

É que eu comprei sisal pra fazer aquelas luminárias, lembra? Fiz 3 luminárias, que ficaram lindas, modéstia parte... E sobrou foi sisal, com o qual quero fazer algumas outras coisas para a decoração da sala de jantar (que é para onde foram feitas as luminárias) se "comunicar" com a decoração da sala de estar, já que na casitha esses ambientes são integrados e minúsculos (lembra? Olha aqui o projeto.) Então, correndo por aí na net achei esse descanso de panela ou copo, que na minha opinião, feito assim parecido, mas diferente, ficaria uma linda escultura, não?
Primeiro, deixa eu mostrar o modo de fazer o descanço de copos, e consequentemente o descanso de panelas:
Você pega o sisal e cola (acredito que com cola quente, para ficar bem firme e colar mais rápido) a ponta, como mostra a imagem:
E começa a enrolar, assim:

Vai indo para o meio, até chegar no final, e arremata cortando o sisal, assim:
Difícil, né? Então, o que eu pensei foi o seguinte: a gente faz um círculo de papel cartão ou papelão (porque eu colocaria cortiça para pendurar na parede?) e faz o mesmo trabalho com o sisal, tomando os devidos cuidados com o acabamento das laterais, para não aparecer o círculo de baixo. Pego aqueles lacres de refri em lata, porque de vez em quando eu tomo um ou outro, e colo atrás para poder colocar na parede. Ou faço uma argolinha de sisal mesmo, para prender no parafuso ou prego (ai minha paredinha!!!!). Pensei nisso porque quero fazer as minhas não muito pequenas e o sisal é meio pesado para se colocar na parede com fita dupla face... Ou talvez é cisma minha e fica bom com fita dupla face, se colocar um tantinho bom pra segurar...
Tá, mas aí, temos uma linda escultura, obra de arte, enfeite... Bem, temos uma lindeza feita por nós mesmos, em nossa parede. Pode-se pintá-la, ou passar betume para ficar mais envelhecida, etc. A minha acho que quero no natural.
E como eu tenho uma de jornal que eu fiz (Olha aqui) que ainda vou ver de que cor pinto ela, falta só mais uma para fazer um trio de enfeites. Talvez duas de sisal e a de jornal. Talvez, duas de jornal e uma de sisal. Talvez, outra de outro jeito que não tem nada a ver com as duas primeiras...
Hoje eu estou cheia de pensamentos... Rsrsrs
Mas estou matutando, afinal tenho tempo até as paredes do primeiro e segundo pavimento serem construídas, as lajes devidamente batidas, telhado pronto, portas e janelas, parte elétrica e hidráulica, reboco, revestimentos, acabamentos, pintura, móveis comprados... Meu Deus! Melhor eu parar de pensar no que falta fazer e começar a pensar no que posso fazer agora. Cansa menos e desanima menos também.
Vou ver o que faço e mostro aqui quando estiver pronto.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Idéia fixa: Tulipas de Tecido

Estou sumidinha, né? Pois é, migrei de emprego novamente. Eu estava trabalhando ALI em Sabará, acordando às 4:30, não via meus filhos... Aí, por misericórdia de Deus, saí desse emprego na sexta e no sábado fui chamada para trabalhar temporariamente, em BH, perto do centro. Então, agora saio de casa com dia claro, vejo meus filhos e tudo o mais. Espero que dê certo...
Mais boas notícias: Meu ex patrão acertou comigo no sindicato!!!! ÊEEEEEE! Falta só uma pequena parte de meu acerto, que ele vai acertar dia 10. Estou muito feliz! Em breve, se Deus quiser, estarei subindo paredes na casitha!!
Bem, agora vou colocando as coisas em dia, aos poucos.
E por falar em coisas em dia, estou com idéia fixa de fazer um vazinho de tulipas de tecido.
Olha essa primeira imagem, que show! Amei a idéia de colocar muuuiiiitttttassssss!
Onde eu vou colocar? Sei não... Já tive idéias até de colocar na cozinha. Ou no quarto, nos criados mudos, ou na sala, ou sei lá... O que importa é que eu vou fazer e colocar na minha decoração. Quando eu decidir o lugar, vou decidir a cor das flores também.
Enquanto isso, deixa eu registrar o passo a passo. Na verdade, achei um monte, mas esse aí de baixo achei muito fácil de ser seguido. Vamos lá...
1 – Corte 4 retângulos para as flores e 8 para as folhas no tamanho desejado (usei o tamanho 12×8);




2 – Encape o palito de churrasco com fita floral ou enrole numa fita de cetim;

3 – Corte a bola de isopor pela metade (mas se quiser pode usar a bola inteira) e espete no palito de churrasco;



4 – Para as folhas: coloque dois retângulos um sobre o outro (com o lado direito virado para dentro) e risque no tecido o desenho de uma folha. Passe uma costura sobre o risco ou faça pontos de alinhavo. Desvire a folha para o lado direito e, se quiser faça uma costura nas beiradas para dar melhor acabamento;


5 – Para as flores: dobre o retângulo ao meio e costure as beiradas na máquina ou faça pontos de alinhavo pelo avesso;

6 – Passe o cabo da flor pelo meio do retângulo (ainda pelo avesso). Em seguida use a agulha e linha para alinhavar o tecido e prendê-lo abaixo da bola de isopor;



7 – Coloque um pouco de manta acrílica ou plumante a redor da bola de isopor para deixar a flor mais fofinha;

8 – Em seguida vire o tecido para cima (veja como fica bem feito o acabamento no fundo da flor);



9 – Na parte de cima não precisa fazer acabamento, apenas vire as bordas para dentro (cerca de 1 cm). Preencha a parte de cima com mais manta acrílica;

10 – Agora feche a tulipa dando um pontinho de lado a lado como mostrado. Faça o mesmo pelo outro lado. Se quiser pode pregar uma miçanga ou pérola no centro;



11 – Coloque o cabo da flor sobre a folha e passe um pouco de cola quente (ou cola branca) para firmar e fechar a ponta da folha;



12 – Agora faça o mesmo para montar as outras tulipas.

13 – Fixe as tulipas no fundo de um vasinho com uma espuma floral, ou pedaço de isopor ou até mesmo com areia colorida.

Fonte: http://www.sonholilas.com.br/

Outros Passo a Passo Legais:

http://coisasquegosto.wordpress.com/2009/04/25/aprenda-a-fazer-tulipas-de-tecido/
http://flordeprenda.blogspot.com/2009/03/tulipas.html
http://panopatch.blogspot.com/2009/06/pap-tulipas-de-tecido.html

sábado, 14 de agosto de 2010

Alicerce pronto!!!! Aêêêêêêê!!!!!

Olha o alicerce!!!! AAêêêêêêê!!!!!
Agora vamos à casa em si. Apresento a vocês, minha SALA!!!! Uma salva de palmas!

Achei que a vala da esquerda estava torta. Chamei o empreiteiro na responsa e ele me provou na obra que não está, mas na verdade existem "barrigas" que estão dando a impressão de estar torto. Mas está reto onde irá a alvenaria.
Agora, uma salva de palmas para o LAVABO! Êêêê!

O VÃO DA ESCADA! Uauauauaua!

A COZINHA! Aha, uhu! Tá meio suja, né, cheia de terra... Rsrsrs
Devo dizer que conferi todas as medidas com o empreiteiro e está tudo perfeito. Estou muito, muito feliz!

sábado, 7 de agosto de 2010

Fotos da obra e Selinho

Tô sumida? Não?
Agora eu sou uma senhora trabalhadora de Sabará, morando em Contagem... A coisa do tempo, pegou com força, então vai ser mais ou menos assim mesmo: postando duas vezes por semana, na melhor das hipóteses, até eu me acostumar com a coisa de acordar às 4:30 da manhã. Tem até uma música sobre uma Janaina que acorda às 4:30, não é?
Pois bem, na obra, os tubulões estão cheios e semana que vem vai começar a tal da vala! Ebaaaaa! O Mestre de Obras disse que vai fazer em 1 mês, no máximo, porque já tem outro serviço aguardando por ele. Dá-le!
É, ele foi contratado apenas para a fundação mesmo, e talvez alvenaria, que pelo jeito vai ser com outra pessoa. Eu comentei AQUI algumas experiências com construção onde, um dos aprendizados mais importantes foi o de não entregar a obra toda para uma só pessoa (Cada macaco no seu galho). Mas isso não nos está entristecendo nem um pouco não.  Estamos na chuva para nos molharmos mesmo!
Vamos as fotos. Vou começar com uma prévia de minha futura sala:
Agora, outras fotos dos tubulões cheios, valinhas sendo cavucadas aqui e ali, blocos assentados acolá... Ainda tá bem no começo, mas estou muito feliz.
Clica nas fotos que elas aumentam.
E pra acabar o post, um selinho lindo que eu ganhei da fofíssima da Maria Luiza, do blog Eu quero uma casa no campo....! Brigadinha, Maria Luiza!

O selinho tem regrinhas, que, na minha correria, não poderei cumprir no momento. (Sorry!!!!)
Mas adorei o carinho.
Bjs, bjs, bjs!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Puf de Garafa PET - Como fazer a estrutura


Estou empregada!!!! Começo amanhã! - Gostaria de compartilhar com vocês... Ufa...
Bem, mas no tempo de desemprego, andei juntando umas garrafas. Eu estou querendo fazer dois pufs para minha futura sala, como já havia dito. Então, andei pela rua olhando aqui e ali e fiz o primeiro.
Claro que ainda está sem o estofamento, nem pretendo fazer tão cedo, mas a estrutura... Olha como eu fiz:
Primeiro a gente pega duas garrafas. Não quero fazer propaganda não, mas tenho que falar a verdade. As da Coca-cola e afins são melhores. São mais grossas e firmes. Pronto, falei! Aí a gente tira os rótulos, lava e corta uma delas na marca daquele cone superior, sabe? Então faz a ampola com duas garrafas. Olha os passos:

Passa o fitão na emenda. Ah, só pra constar, comprei este fitão em um lojão de 1 real no centro de BH, por... 1 Real cada! Eis o preço de custo: 2 Reais, para comprar 2 fitões pra fazer o puf.
Todas as ampolas são feitas da mesma maneira. O puf quadrado é feito com 16 ampolas, ou seja, 32 garrafas.
Nós unimos de 2 em 2 ampolas primeiro, com o fitão.

Depois unimos conjuntos de 4, com o fitão, ou seja, 2 conjuntos de 2 ampolas:

Aí, une todo o puf com o fitão.

Pronto!!!

Devo dizer que não foi nem um pouco difícil achar as garrafas. Três passeios nas ruas aqui perto de casa renderam as 32 garrafas. Só fique atento para usar garrafas da mesma medida. Ou seja: só de 2 litros, ou só de 2,5 litros...
O tamanho do puf feito com garrafas de 2 litros é o ideal, na minha opinião. Se quiser maior, junte as de 2,5 litros. 
Um dos meus puf está pronto, como se pode ver. O outro, ainda faltou um pouco de tempo de passear no bairro a procura de garrafas. Ainda faltam algumas. Mas também, não estou com pressa, porque a sala ainda não está feita, rsrsrs.
Por falar em feito, notícias da obra: o mestre de obras está lá hoje, amarrando os arames. O cimento e os blocos de concreto chegam amanhã e ele já vai encher os tubulões. EEEEEE!!!
Pode falar, hoje foram só boas notícias!