quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Paredes subindo! E... Está faltando alguma coisa...

Esta é a visão dos fundos da minha casa. Olha que maravilha.
À direita, onde tem o senhor de blusa amarela, é minha sala. Hum!!!
Á esquerda, você pode ver a minha cozinha. Claro que só pode ver por enquanto, pois em breve, só chegando na janela, rsrsrs.
Tá cedo pra isso, mas ali do lado direito, onde está o senhor de blusa vermelha, será meu corredor de contemplação... Nem te conto o que anda passando pela minha cabeça para aquele corredor. Aliás eu te conto sim, mais tarde.
Detalhes da minha sala. Olha minha janelinha! Tá vendo? Esta visão é da porta de correr (Imagina ela aí) da sala de jantar. Sala comprida e estreita.
Minha cozinha. Em frente será minha janela "Capela Guilhotina". Vamos falar sobre isso depois... À direita, não está na foto, mas é a porta que vai para a área de serviço.
Por falar em área de serviço, aí está onde vai ser:
Essa parte vou fechar com elemento vazado ou Cobogó, para dar privacidade e isolar a área de laser. Ah, e vai ser rebaixado aqui também. Tá vendo a porta da cozinha ali à esquerda?

Agora, o meu vão de escada... Veja bem, você não acha que está faltando alguma coisa?

Sem ser a escada, claro, rsrsrs.
Olha bem... Viu não? Falta claridade... O Pedreiro esqueceu de deixar os vãos que eu pedi pra tijolo de vidro. Mas isso é fácil de arrumar. Não tem problema...
Agora, meu lavabo, esse é fácil: O que está faltando?

Vaso, pia... Não, não estou falando disso. Olha bem:

Isso mesmo, a janela! Esqueceu também... Onde colocar a janela? Seria aqui:

Mas ainda é bem fácil de arrumar, tranquilo.
Não seria uma obra se não tivesse essas coisinhas, né? Rsrsrs

Mais fotos. Olha a garagem e a visão da frente:

Ali à esquerda, a entrada da minha sala e minha janela. Sim, vai precisar de uma pequena escada na entrada
Não está tomando forma de casa?
Ah, ontem meu marido, passando por Lagoa Santa, parou em um Ateliê de Trabalhos em Madeira e conversou um pouco, pegou contato e email. Ontem mesmo pedi um orçamento de uma, quem sabe, possível escada de eucalipto. Mandei as medidas aproximadas, para ele me dar um orçamento aproximado.
O que eu estou querendo:

Fonte: Casa e Jardim
Por que não olhar, não é mesmo? Quem sabe...
Assim que eu receber a resposta, conto aqui.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Ganhei Presente! E Pratos na Parede...

Tô metida! Agora eu tenho paredes e coisas para colocar na parede.
Minha sogrinha linda, idolatrada, salve-salve (sim, é a mais pura verdade, não se espante: eu amo a minha sogra!) me deu 4 pratinhos lindos. São ou não são?
Olha esse colorido. É muito fofo.
Estou pensando em colocar na parede. Não sei se todos, mas pelo menos um, em uma composição. Inclusive, acho que esses pratos vão ditar a paleta de cores de minha sala conjugada, viu? Gostei demais dessas cores juntas.
Entao, já que virou Coisa que eu quero fazer, vamos às idéias.
Os pratinhos que ganhei são convencionais, de porcelana. Mas ando vendo pratos de Melamina, em lojas de R$1,99, que tem cores lindas, estampas maravilhosas, formatos incríveis. Estou propensa a completar meu conjunto com alguns deles.
A idéia que quero fazer, passeia por essas duas idéias aí de baixo. Uns 9 ou 10 pratos de tamanhos diferentes, com cores que conversam, arranjados na parede da sala de jantar, onde será meu aparador (bem, já sei que vai ser na sala de jantar, pelo menos). Pretendo usar a parede branquinha, porque meus primeiros pratinhos são bem coloridos, como se pode ver.
Mas tem outras idéias muito bonitas. Gostei muito dos arranjos daí de baixo também. Ai que dúvida boa...

 De melamina, olha só:
 Amei esse arranjo:
Essa composição é do Lar Doce Lar, do Caldeirão. Linda!
Olha essa composição. Simples e linda:
E tem essas idéias diferentes. Emolduraram os pratos. Veja:


Ah, e comprei uma revista Faça Fácil que ensina a fazer Decoupage em pratos. Amei, porque aí a gente pode ter pratos exclusivos! Imagina só as possibilidades.
Tem até um site que achei, com uns a venda. Chama-se Mimos da Lúcia. Dá uma olhada em alguns exemplos:

Só que eu quero fazer os meus. Ainda não dei uma olhada com mais seriedade na revista não, mas vou olhar e ver como se faz. Quando eu fizer, posto aqui um PAP.
Por enquanto, se quiser saber um pouco do assunto (como fazer), dá uma olhada nesses links aqui e aqui, que ensina natalinos, mas você pode adaptar a técnica. Mais um aqui.
Se quiser fazer seu próprio suporte de colocar o prato na parede, olha aqui que tem um PAP excelente. Idéia Genial.
Vou colocar pratos na parede sim, me aguardem!

Fonte: Idéias debaixo do Telhado, De(coer)ação, Ro Arteira, Revista Minha Casa, Terra - Mulher, Casa de JuntadosBaú dos Hein, Lar Doce Lar - Caldeirão do Hulk

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

As primeiras paredes subindo...

Estou emocionada! É tão bom ver a coisa tomando forma, não é? Ainda que devagarzinho, por causa das condições que a gente tem (ou não tem) mas é muito bom.
Só quem passa pela experiência é que sabe como é bom.
Pode falar o que for sobre construção: é difícil, é caro, dá dor de cabeça... e todas essas visões que escutamos por aí quando informamos que vamos entrar de cabeça na construção de nossos sonhos. Aliás, eita opiniões, não é mesmo? Quase a gente não escuta boas coisas, coisas otimistas, inspiradoras ou incentivadoras. Mas tudo bem...
Com tudo isso, ainda assim não tem preço ver seu sonho, tijolo a tijolo, tomando forma.
Eis o meu. Compartilhe comigo essa alegria!
E meu amigo, minha amiga, se você está querendo construir, te aconselho do fundo do meu coração:
VAI LOGO, ESPERA NÃO! VALE A PENA!
VAI TER CONTRATEMPO SIM, É CLARO! VAI TER UM OU OUTRO ABORRECIMENTO SIM, BEM COMO PROBLEMAS INESPERADOS... MAS ME DIZ: O QUE É QUE É BOM NESSA VIDA QUE NÃO DÁ TRABALHO, HEIN? VALE A PENA! MUITO, DE VERDADE MESMO! VALE A PENA...

Delícia de sensação!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Compra de material - Sobre as marcas

Hoje chegou lá na obra o material que comprei ontem. Na verdade, falta mil tijolos que serão entregues amanhã.
Primeiro, vamos deixar bem claro uma coisa: o objetivo de eu estar postando e comentando a respeito da marca dos produtos NÃO É FAZER PROPAGANDA, POIS NÃO ESTOU GANHANDO NADA COM ISSO!!!! É que estou achando ótimo aprender um pouco mais sobre material de construção e quero compartilhar. O negócio das marcas, pelo menos nessa fase da construção, FAZ DIFERENÇA SIM! E quanta diferença, viu?
Então vamos. A lista completa é essa:

* 2000 tijolos - comprei o Braunas mesmo - R$ 580,00, cada milheiro.

Apesar de ser mais caro (cerca de 80,00 a mais do que outra marca) a qualidade é inquestionável. Você joga no chão o tijolo Braúnas e ele não se quebra. Dá pra cortar numa boa, sem ele se desfazer na mão do pedreiro. Ele rende mais, pois a perda é menor. Faz compensar o preço.


* 15 sacos de Cimento, Cauê Mais. R$ 18,50 cada.
Não é o cimento todo não. O Mestre de obras pediu para eu comprar aos poucos, por causa do tempo. Segundo ele, perde fácil e não compensa comprar quantidade grande. Então tá... Vai precisar de mais uns 10 sacos, pelo que ele me disse. Vamos comprovar depois.
O preço ficou salgado. Estava R$ 16,90 na Leroy e aumentou. Lá está R$ 17,50, eu acho, mas comprei no bairro, junto com o resto do material, pra pedir desconto.
Porque Cauê? Ele rende mais e fica mais resistente também. Comprovado pelo pedreiro. Acaba valendo a pena pelo rendimento.

* 3 m Aréia lavada fina
* 2 m Aréia lavada grossa
R$ 55,00 o metro. Como é pouca quantidade, o valor aumenta. Mas até que não está muito diferente não. A carga fechada eu estava comprando por R$ 480,00. Tem lugar aqui que está a R$62,00 o metro. Tem outro lugar que está a R$ 75,00 o metro. Pesquisa, gente, pesquisa...

Essa listinha, com desconto e sem carreto ficou por R$ 1.700,00. Ficou bom!
Ah, já tem paredinha subindo lá na obra, mas não fui lá fotografar. Na verdade foi o marido que passou lá e viu.
Vou lá amanhã e posto as fotos, aguardem!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Sobre Pedreiros e Orçamentos


Vocês se lembram sobre o post sobre preços de materiais? Aqui, ó...
Pois é, a bobinha aqui ficou surpreendida com a diferença de preço de materiais... Hum, não é nada comparado à diferença de preço de Mão de Obra.
GENTEEEEE!! SOCORRO!!!
Não fiz muitos orçamentos, mas tive os seguintes preços para subir a alvenaria do primeiro pavimento da casa:
  • O menor: R$ 2.000,00
  • O Maior: R$ 6.000,00
Ui. Pouquinho diferente, não?
O menor, é orçamento do mesmo empreiteiro que fez o alicerce. Não vou fazer com ele por alguns pequenos motivos. Devo dizer que a estrutura da casa ficou firme, e acredito que não dará problemas, mas... achei o serviço meio "porco" por assim dizer. Ele me entregou a obra sem aterrar para preparar para o piso grosso, a madeira dele acabou e ele escorou algumas valas com telhas de amianto (viche, já pensou se essa moda pega? Credo...) então ficou feio. Tem vala com barriga. Não estão tortas não, que eu conferi, mas estão com barriga de um lado e outro. Ficou FEIO, afinal.
Imagina minha alvenaria? Nem ver.
Eu gostei mesmo do que cobrou mais caro, porque o cara é muito bom de serviço. Caprichoso, rápido, limpo e muito honesto (sim, existe gente assim!). Tem fama de fazer material render, porque é bastante econômico. É mestre de obras, acostumado a fazer grandes casas, como na região da Pampulha, por exemplo (quem é de BH e Região, saberá do que estou falando...), e muito bom em acabamentos. Tem uma turma boa que trabalha com ele já tem bastante tempo e que faz o serviço pesado. E ainda tem todas as ferramentas e insumos. Fora que, rescentemente, ele subiu alvenaria de um muro perto de casa e ficou muito bom: retinho, sem sujeira, e muito firme.
Mas, o valor está completamente fora de nosso alcance, só pra subir alvenaria. Então, sendo bastante sincero com ele, meu maridon - que é show de bola nas negociações - disse que não poderia ficar com o orçamento dele por estar fora de nosso bolso. Não choramos preço não. Simplesmente falamos que não seria possível fazer com ele. Então, ele mudou a proposta:
Faz a alvenaria, o aterramento, piso grosso, escada e bate laje por... R$ 4.000,00. E ainda permite que a metade do valor seja paga com mais prazo, dividida. E que serventes, ajudantes, tábuas e ferramentas, e tudo o mais é por conta dele, menos o material, é claro, e as escoras de lage, porque meu pé direito será de 2,70 m e as escoras dele são de 3 m e ele não quer cortar.
Não ficou ótimo?
Aí, meu marido conversou com ele direitinho, perguntou se ele tinha certeza de que assim ficaria bom para ele mesmo, se não ficaria insatisfeito... E o moço disse que estava ótimo (vou anotar essa expressão, por precaução).
Então, hoje vou fazer uns orçamentos de material e quarta feira ele já começa o serviço, com os aterros e tudo o mais.
Material pedido para subir paredes:
  • 3 m de areia lavada grossa
  • 3 m de areia lavada fina
  • 15 sacos de cimento (ele quer pedir devagar, para não desperdiçar o cimento. Segundo ele, a alvenaria toda do 1º pavimento dá uns 25 sacos)
Tudo certo por enquanto.
Novidades, eu posto!

sábado, 18 de setembro de 2010

Luminária é item caro... É NÃO, QUER VER? (PARTE 2)

De que é feita a luminária aí de cima? Hum? Pensa bem...
Clica na foto, para ampliar e você verá direito...
PET, pessoas! A famigerada garrafa pet. Acredita não? Então olha o PAP:
Mesmo esquema, clica para ampliar...
E se você acha que foi criativo, veja isso:
Sabe essa de teto, é a minha preferida. Nunca que eu iria imaginar que isso é garrafa pet e latinha de refri. O que uma lixadinha não faz, hein? Fiquei boquiaberta quando vi.
Mas peraí: tem mais...
Eu tenho o PAP dela em algum lugar, vou achar e mostro. Mas é difícil não, olha só: pedaço de madeira pra ser a base, arame daquele flexível, pra fazer o suporte, tiras de PET e trança como se fosse a caixinha, mas sem fundo. Sabe fazer a caixinha não? Aqui ensina, dá uma olhada. Aqui também.
Viu? Custo quase zero. E além de tudo, ecologicamente correto.
Pra confirmar de vez a tese, já andei mostrando o PAP de outras luminárias aqui (também é de garrafa Pet), essa aqui de sisal (inclusive eu fiz 3 dela, pode ver aqui), e essa aqui de lata vazia.
Vamos mais um pouco?
Uma coisa que quase não acontece com ninguém: o profissional pedir mais materia do que vai usar.

Para um minuto pra eu contar um caso: o empreiteiro que fez meu alicerce pediu 500 blocos de concreto para o trabalho. Eu questionei, disse que era muito, negociei, esperneei, mas ele disse: 500. Conclusão: Tem quase 400 blocos lá no meu lote. Sabe-se lá o que farei com eles... Abafa.

Mas voltando ao assunto: o profissional pediu material de mais? Sobrou fio para fazer outra residência? Fica assim não, enxuga as lágrimas. Faz uma luminária deles:
E os clássicos:
Ó, eu só não faria com garrafas assim, parecendo de cerveja. Imagina isso com aquelas garrafas de licor ou vinho? Lembre-se, vá em um vidraceiro para ele cortar para você. E peça que lixe a peça, para que ela fique inofensiva enquanto você trabalha nela.
Já a outra, de potes de conserva, ficou interessante, não?
Pois é. Acabou a desculpa para não ter luminárias em casa. Caro não é.
Fonte: Design Sponge, Revista Faça e Venda, O Blog da Reforma, Rodrigo Barba (a luminária de Fio está lá)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Mais sobre Cozinhas

O assunto cozinha é amplo, certo?
Então, a fofa da Lívia de São Paulo, deixou um comentário, falando sobre sua dúvida cruel com cozinhas, pois também está construindo (bem vinda ao clube dos indecisos, querida!!!) e questionando sobre cozinhas preto-e-branco, se saiu de moda.
Eu digo: JAMAIS! NUNCA, EM TEMPO ALGUM a beleza do preto e branco vai sair de moda. Vamos às idéias, Lívia, pra te inspirar em sua casinha nova:
Olha que luuuuuxxxxxooooo! Linda! Apesar de pequena, não ficou pesado a predominância do preto:
Olha essas pastilhas... E espia esse lustre:
Agora, essas são pra humilhar: Papel de parede na cozinha!  E o toquezinho de cor, hein?
Armários mais simples e lindas do mesmo jeito. Dá uma olhada em como cozinha preto e branca tem tudo a ver com eletrodomésticos de inox...
Não, cozinha preto e branca não sai de moda. Sempre linda, versátil e atual. Permite brincar com cores nos acessórios, mudando do jeito que você quiser a paleta de cores.
Se você gosta, Lívia, vai fundo, porque fica linda.
Mas eu, euzinha, estou cismada com cozinha cor de madeira. Não me sai da cabeça. Coisa de gente cabeça dura e cismada, entendeu?
Mas diz que não fica lindo...

E MINHA DÚVIDA AINDA PERSISTE: COLOCO AZULEJOS ANTIGOS OU FAXADINHAS COLORIDAS, COMO NA COZINHA DO POST ANTERIOR, TALVEZ EM TRÊS CORES E PREDOMINÂNCIA DE BRANCO... O QUE ACHAM?
Fonte: Nosso Casamento Diferente, Portal Casa, Construindo Nosso Sonho, Olha os Noivos.